Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rumo ao Minimalismo

A minha viagem ao minimalismo, desperdício zero e vegetarianismo - Estou quase, quase lá!

Rumo ao Minimalismo

A minha viagem ao minimalismo, desperdício zero e vegetarianismo - Estou quase, quase lá!

19.09.18

Cinco livros em mês e meio. Não foi o fim do mundo nem ando a tramar nenhuma.

Rita (porque minimalistas há muitas)

E sabendo que na década anterior tinha lido ZERO - é uma ótima melhoria, nao acham? É uma questão de encontrarmos o tema que nos move. No meu caso, os temas foram divergindo.

 

Comecei pelo Hunger Games, vol. 1 que andava aqui por casa há imenso tempo e ainda não lhe tinha pegado. - Achei muito semelhante ao filme, pelo que não tirei grandes valias, confesso. Está lido, e já o pus a circular. 

 

Depois vieram as finanças pessoais - Obrigada Pedro Andersson, que despertaste todo o meu interesse na temática com a tua rúbrica "Contas-Poupança" - Li os teus dois livros (ou eBooks) em 3 dias e adorei. Obrigada, a leitura é muito muito fácil e super recomendo. Não é que ao pesquisar um pouco mais sobre ti descubro que és da minha cidade? Ia jurar que hoje de manhã passei por ti... Com um veículo da SIC, mas estamos a meio da semana e hoje sai um novo episódio da rúbrica. Não, não devias ser tu. 

 

Li o Milagre da Manhã, de Hal Elrod - o tal que insisto para a 3ª Face ler e perceber do que falo. Desculpa o destaque, mais uma vez. Só para te provocar um pouquinho mais.  O Milagre da Manhã é isso mesmo. É levantarmo-nos cedo (muito cedo) e ansiar por isso. É um ritual que nos impulsiona para o resto do dia - e resulta mesmo. Não, não consegui fazer todos os dias, mas os que fiz, resultaram. Por agora vou tentar regular as minhas horas de sono e apesar de não seguir o ritual à risca - já não peço ao meu telemóvel para suspender o alarme por 10 minutos. Um passo de cada vez! 

 

Por último... Não me sinto muito confortável em escrever o título, mas podem consultá-lo aqui (se o link deixar de funcionar, digam, por favor). Na verdade o título em inglês não é tão desconfortante pois não? Em português do Brasil é pior. . O autoempoderamento puro e duro. Sentimo-nos como se fôssemos os melhores do mundo ao acabar de ler. É muito, muito bom. 

 

Foi mês e meio, mas fazendo as contas aos dias durante os quais li mesmo, foram 11dias. É um ano de records! 😊

 

Resultado de imagem para books

 

As minhas próximas apostas serão os livros dos "The Minimalists" - lista aqui e o Zero Waste da Bea Johnson. Recomendam mais algum?

9 comentários

Comentar post