Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Rumo ao Minimalismo

A minha viagem ao minimalismo, desperdício zero e vegetarianismo - Estou quase, quase lá!

Rumo ao Minimalismo

A minha viagem ao minimalismo, desperdício zero e vegetarianismo - Estou quase, quase lá!

27.09.18

Desafio 30 dias minimalista #21 a #25

Rita (porque minimalistas há muitas)

Bom dia malta! 

2018-08-24 14.44.19.jpg

 

 

 

Ora então vamos lá à primeira metade do último terço do desafio. 

 

#21 - Escreva por 20 minutos 

 

É relativamente fácil. Escrevi por 20 minutos ao contar os 5 dias anteriores do desafio. Mas acontece que gostava de escrever mais... Tenho sentido alguma falta em colocar todos os pensamentos e emoções no papel. O Milagre da Manhã (resumo aqui) é muito bom para isto. Experimentei há uns dias mas ainda não cheguei a fazer uma semana completa. As minhas noites têm-se alargado um pouco mais e não tenho tempo para seguir os fundamentos do livro todos os dias de manhã. Vou ter que definitivamente arranjar tempo para este ritual porque resulta mesmo, e é muito muito bom. 

 

#22 - Crie uma rotina relaxante para a hora de dormir 

 

Este é provavelmente o único que vou falhar no mês. Não quer dizer que antes do desafio acabar não o faça, mas por enquanto não está realizado. A minha rotina ideal relaxante para dormir trata-se de um chá quente, umas boas páginas de livro - sem TV nem internet. Neste momento, tenho o hábito de ver vídeos inspiracionais no youtube e vejo-me à rasca para adormecer. 

 

#23 - Saia sem maquilhagem 

 

Oh. Easy. Nunca uso maquilhagem. Garantidamente há mais de meio ano. Antes disso, usava muito esporadicamente quando não gostava do que via de manhã em frente ao espelho. Mas agora já não acontece. Caramba, se a Alicia Keys o faz, quem sou eu para andar para aí toda empinocada e cheia de pastas? Eu dou por mim a usar o perfume que tenho porque acaba por perder as propriedades do cheiro!  É o cabo dos trabalhos!

 

#24 - Pratique gratidão 

 

Conheci a Monja Coen. Obrigada Purpurina, pela tua rúbrica nova que já anda a mudar pessoas. Eu incluo-me no grupo! A monja Coen é muito boa oradora, adoro ouvi-la. A gratidão ficou completamente reformulada na minha cabeça assim que comecei a ver os vídeos dela. Tem palestras inteiras online! - E não é que estou a começar a interessar-me pelo budismo?

 

#25 - Não faça planos para este dia 

O dia foi muito bom. Celebrei o aniversário de um amigo e o meu. Um antes da meia noite e o outro depois. Fomos beber uns copos a meio da semana e soube tão bem. É bom fugir às rotinas, não é? 

 

O que já aprendi com este desafio?

 

Que nesta fase da minha vida é muito mais fácil escrever do que na primária, quando tínhamos de escrever as redações e levávamos TPC enormes para casa.   Que cada um tem a sua estratégia para este desafio e o adapta às suas necessidades e formas de ver a vida. Não há ninguém igual. Nada é fixo e tudo se transforma. Nunca passamos pela mesma coisa mais do que uma vez. Temos de aproveitar o agora! Apreciar o que realmente importa.  Que não é importante termos cada segundo das nossas vidas planeado. Podemos ir com a maré ou contra ela, de acordo com os nossos ideais e princípios.  Aprendi com este desafio, que é preciso relaxar. Não pensar demasiado em tudo!

 

 

 

 

4 comentários

Comentar post